Wiki X-Men Comics
Advertisement
Rictor (Julio Richter) (Terra-616) Batalhas Galeria Armas Frases
Rictor
Rictor (Julio Richter) (Terra-616) 0002.jpg
Galeria

Nome Real

Julio Esteban Richter

Codinome(s)

Rictor

Primeira Aparição

X-Factor Vol 1 17 (junho, 1987)

Apelidos

Ric, Joaquin "Jake" Murrieta, Mutóide #527, Unidade #2347

Familiares

Louis Alejandro Garabello Richter (pai, falecido);
mãe não identificada (presumivelmente falecida); madrasta não identificada

Gonzalo Richter (tio);
Omar Domingo Richter (primo);
Ramon Richter (primo); Numerosos irmãos, primos, tias e tios não identificados;

Nome Original

Rictor

Criadores

  • Louise Simonson,
  • Walter Simonson


Características

Espécie

mutante despoderizado no Dia M, e repoderizado por Feiticeira Escarlate

Olhos

castanhos

Cabelos

castanhos

Gênero

masculino

Altura

1,79 m

Peso

66 kg

Acessórios ou Características Adicionais



Status

Identidade

secreta

Cidadania

Mexicano, krakoana

Status Atual

solteiro

Ocupação

Lutador da liberdade, aventureiro; anteriormente investigador privado, herói registrado

Educação

Assistência brevemente ao internato


Origem

Universo

Terra-616

Local de Nascimento

Guadalajara, México


HISTÓRIA

Origem

Desde pequeno, Rictor já sabia o que era viver em guerra. Ele nasceu em uma família de contrabandistas de armas. Aos 6 anos de idade esteve preso em Costa Rica com o seu pai que foi morto na sua frente por Conflyto – clone de Cable – após uma negociação mal sucedida.

Quando seus poderes mutantes sísmicos se manifestaram, Julio acidentalmente destruiu três quarteirões da cidade. Isso chamou a atenção da organização anti-mutante chamada A Direita que o sequestrou. Eles o chamaram de Rictor, explicaram a sua mutação e tentaram forçar Rictor a usar seus poderes sísmicos para destruir São Francisco.

Novos Exterminadores

Felizmente Rictor foi resgatado pelo X-Factor, equipe mutante que resgatavam e treinavam adolescentes mutantes. Lá aprendeu a controlar seus poderes vibratórios.

Rictor foi o primeiro a suspeitar que Cameron Hodge, o relações públicas do X-Factor, não era um aliado quando notou que a voz de Hodge era idêntica ao do líder d’a Direita.

Pertencia a equipe dos Novos Exterminadores que era formada por outros adolescentes resgatados. Sentia atração por sua companheira de equipe Dinamite, que não queria nada com ele.

A equipe fez amizade com os Novos Mutantes durante o ataque dos demônios do Limbo a Nova York. Eles achavam os integrantes da equipe bastante caretas mas mesmo assim se tornaram grandes amigos.

Novos Mutantes

Os Novos Mutantes tinham acabado de perder a liderança de Magneto e foram atrás do X-Factor para abrigá-los, assim Novos Mutantes e Novos Exterminadores se tornam uma equipe só.

Rictor não se entendia com o novo líder dos Novos Mutantes, o misterioso Cable, pois achava que ele era o responsável pela morte de seu pai.

Durante o programa de extermínio genoshano, Rictor se envolveu com Lupina que permaneceu em Genosha. A gota d’água de Rictor foi quando Cable fundou a X-Force e negou seu pedido de resgatar Lupina de Genosha. Rictor saiu da equipe sem se despedir, deixando apenas uma carta para Dinamite.

Arma Primordial

Acreditando que Cable tinha matado seu pai, Rictor se uniu à Arma Primordial, uma equipe do governo canadense aliada à S.H.I.E.L.D. para caçar Cable. A equipe acabou entrando em conflito com a X-Force.

No meio do combate, quando notou que Cable não estava mais na equipe, desertou e se uniu aos seus antigos companheiros de Novos Mutantes e atual X-Force.

X-Force

Permaneceu na equipe mesmo quando Cable retornou, tentando dar-lhe o benefício da dúvida e porque criou fortes laços de amizade com Shatterstar.

Rictor levou seu amigo Shattestar para uma boate, mas o guerreiro não soube como se comportar naquele lugar e nem como se aproximar das mulheres. Ele revela a Rictor que era virgem, pois foi criado para ser um guerreiro e nunca tinha ficado com uma mulher, Rictor prometeu que iria ajudá-lo nisso.

Durante este período, Rictor retornou a Guadalajara no México depois que seu primo e seu tio o envolveram em uma série de problemas. Rictor retornou então a X-Force justamente quando a equipe teve sua base movida para a Mansão X, por disputas de liderança e arrogância de alguns membros, ele acabou se distanciando da equipe.

Rictor permanecia com um forte vínculo com Shatterstar e o ajudou quando o amigo se encontrava numa crise da identidade. Rictor e Shatterstar recusaram o convite de Cable a retornar a equipe e foram ao México onde se tornou o braço direito nos negócios de sua família, ainda lá ele e seu amigo Shatter passaram por uma série de aventuras envolvendo a CIA de Verschlagen. Depois da derrota e da morte de Verschlagen, Ric permaneceu no México com Shatterstar. user posted image

Corporação X – Europa

Rictor foi recrutado para a Corporação-X. Em uma operação na Europa, Rictor provou ter uma resistência natural ao controle da mente da Arma X(II).

X-Factor Investigações

Rictor perdeu seus poderes no Dia M e, depressivo com a perda, ameaçou se suicidar se jogando de um edifício. Seu antigo aliado de Corporação X, Jamie Madrox, o convida para se juntar a equipe de investigações do novo X-Factor e gera cópias que tentam convencê-lo a não pular mas uma das cópias acaba o empurrando para a morte, Rictor é salvo a tempo por Monet.

O mutante Mercúrio, diz a Rictor que pode dar seus poderes de volta mas ele, desconfiado, não lhe dá muito ouvido.

Rictor tenta se reaproximar de Lupina, sua colega de equipe também no X-Factor. Porém, o que poderia ser uma retomada de uma antiga amizade, mas não se entendem e discutem.

Segundo Mercúrio, o processo de recuperação do poder mutante através dos cristais terrígenos precisaria de um intermediário, alguém que fosse um catalisador, que receberia o poder dele, passando-o para o beneficiado. E o catalisador foi Rictor. Pietro concede os poderes à equipe criminosa Célula X e o poder causa reações adversas matando o ex-mutante Elijah Cross incinerado. Rictor teve um lampejo de poder e, com ele, expeliu todo os cristais cravados no corpo de Pietro. Rictor guarda um pouco dos cristais em seu corpo sem que ninguém saiba.

Rictor e Rahne acabam indo pra cama e depois Rahne tenta se justificar dizendo que sentiu pena dele. Mas Rictor sabe que na verdade os instintos de Lupina estão fiando cada vez mais incontroláveis.

Ajudou Thereza a ir ao hospital quando entrou em trabalho de parto justo no momento que Val. Cooper foi atrás dela e do bebê. Para tentar escapar dos agentes que cercavam o prédio, Rictor provocou um troca de tiros que resultou em uma bala q acertou Cooper.

Depois do triste episódio do nascimento do bebe de Thereza e Madrox, Madrox desapareceu e, um mês depois, Rictor e Fortão vão atrás de pistas do que podia ser seu paradeiro na cidade onde uma das suas cópias morava. Mas lá eles encontram Shatterstar em um transe hipnótico onde ataca Rictor e Fortão, os dois conseguem retirá-lo do transe hipnótico. Rictor diz que tudo ficará bem e se beijam.

Rictor e Shatterstar

Os dois assumem o namoro mas não sem passar por dificuldades. Rictor, tendo finalmente admitido sua identidade sexual, queria uma relação monogâmica estável com Shatterstar. Já seu parceiro, por outro lado, encontrou-se interessado em um relacionamento mais aberto que lhe permitisse explorar outras possibilidades sexuais.

No entanto, Lupina estava grávida de Hrimhari mas diz que era de Rictor. Um breve encontro entre Hrimhari e Shatterstar em Niffleheim esclareceu a questão da paternidade. Rictor ofereceu ajuda no que ela precisasse mesmo assim, o X-Factor ajudou a proteger Rahne de vários demônios lupinos e felinos até o nascimento.

Retorno dos poderes

Aterrorizada pelos pecados de seu passado, Feiticeira Escarlate tenta reverter o encanto que fez, começando restaurando as energias sísmicas de Rictor e está preparada para fazer o mesmo em larga escala quando os X-Men e os Vingadores aparecem prontos para o acerto de contas com Wanda. Rictor aparta todos com um terremoto mostrando que está de volta com poderes e que Wanda está disposta a reverter tudo que fez.

Rictor fica louco para usar seus poderes o máximo que puder. Além disso a relação com o namorado se inverte, Shatterstar que passa a ficar mais inseguro.

Depois de enfrentar Mefisto, Rictor e seu namorado pararam no Mojoverso sem perceber que estavam alguns anos no passado, lá ele descobre que Longshot é clone de seu namorado.

Depois do X-Factor

Na verdade, Rictor e Shatterstar ambos acabaram voltando no tempo e sendo transportados para o Mojoverse. Rictor lutou batalhas de gladiadores até que ele foi contra Shatterstar. Rictor incapacitou Shatterstar e conseguiu escapar da arena com rebeldes Mojoverse, incluindo o Longshot desta era. Shatterstar foi então clonada por Arize, antes de acordar e usar seus poderes para se transportar e Rictor a tempo, escapando de um ataque de Mojo e Spiral. Neste novo período de tempo, Rictor encontrou Cristal dando à luz Shatterstar como um bebê. Rictor e Shatterstar ajudaram a entregar o bebê, antes que Shatterstar apagasse a memória de Cristal. Shatterstar então se transportou, Rictor e ele mesmo como um bebê para a frente no tempo novamente - por 100 anos.

Rictor e Shatterstar, de alguma forma, voltaram para a Terra e seu próprio tempo e se juntaram a seus colegas mutantes - incluindo ex-companheiros de equipe Strong Guy e Wolfsbane - em New Tian. Rictor estava entre os mutantes que confrontaram Daisy Johnson e um grupo de Inumanos quando tentaram se esgueirar para o país.

Depois que Nova Tian foi desmantelado, Rictor participou da festa de aniversário da Homem de Gelo em Nova York e revelou que ele e Shatterstar estavam agora em uma pausa.

Krakoa

Quando a nação mutante de Krakoa foi criada, a maioria dos mutantes do mundo se juntou a ela, Rictor pretendia fazer isso também, mas seus poderes de alguma forma ficaram confusos, o que o deixou com medo de ir a Krakoa e possivelmente destruir a ilha, seus poderes eram tão descontrolados que Rictor nem ousaria sair de casa, passando a maior parte do tempo em uma cama como uma caixa cheia de terra e deprimida.

Rictor finalmente chegou a Krakoa quando Apocalipse, que precisava das habilidades de Rictor, foi buscá-lo. Inicialmente, Rictor se recusou a ir temer que ele quebraria a ilha ao meio, mas Apocalipse disse a ele para não se preocupar, não havia lugar para depressão em Krakoa, e se ele quebrasse alguma coisa, Apocalipse iria consertar. Eles entraram em um Portal Krakoano que os levou ao habitat Krakoano, na Cornualha, depois de chegarem foram recebidos por Pete Wisdom, que estava lá procurando pela Capitã Britânia.[1]

PODERES E HABILIDADES

Poderes

  • Manipulação de energia sísmica: Rictor é capaz de gerar e liberar energia sísmica e ondas de vibrações tremendamente poderosas em qualquer objeto em que ele entrou em contato físico, as vibrações começando em seu corpo e, em seguida, emanando para fora, principalmente através de seus dedos, fazendo com que os objetos se quebrem ou desmoronar e também usá-lo para criar terremotos, ondas de choque ou de outra forma transportar a terra. Quando usado contra objetos com uma superfície maior, os efeitos eram muito parecidos com um terremoto. A extensão do poder do Rictor nunca foi totalmente explorada. Seus poderes pareciam afetar objetos orgânicos da mesma forma que os inorgânicos.
    • Imunidade de energia sísmica: o Rictor é imune aos efeitos prejudiciais das vibrações que ele criou.
  • Conectividade Geo: como Tempestade, os poderes mutantes do Rictor criaram um vínculo psíquico/empático entre ele e a força vital primitiva da biosfera da Terra.
  • Poder e Imunidade Telepática (possivelmente anteriormente): Ao lutar contra o Isolacionista, o Rictor mostrou-se imune a todos os poderes de Huber. Isso foi aparentemente devido aos Cristais de Terrígena embutidos na pele de Rictor. Verificou-se que os cristais caíam no esgoto. Desconhece-se se ele ainda mantém essa imunidade. Ele já havia mostrado algum tipo de defesa psíquica natural contra a infecção do Arma XII.

Habilidades

  • Rictor é um combatente competente mão-a-mão.
  • Rictor é muito hábil com os computadores.

Fraquezas

Nível de Força

Masculino humano normal com exercício regular moderado.

PERSONALIDADE E APARÊNCIA

Personalidade

Adolescência revoltada devido à sua trágica infância e um desejo de vingança pela morte de seu pai. Foi aprendendo a lidar melhor com suas emoções com a maturidade.

  • Bissexual;
  • Evita filmes que tem um esteriótipo correspondente à sexualidade, como musicais.

Aparência

Porte físico normal de um jovem saudável de sua idade. Provavelmente mestiço de ameríndio e espanhol como a grande maioria dos mexicanos.

NOTAS

  • Escala Richter: Richter, além de ser seu sobrenome, é a escala destinada a medir os tremores de terra e as escalas sísmicas. O nome dessa escala é em homenagem ao sismólogo americano Charles Francis Richter.
  • Rictor em X-Men Evolution?: Rictor nunca apareceu em um desenho mas o Avalanche de X-Men Evolution tem muito mais relação com ele do que com o Avalanche dos quadrinhos. Os mesmos poderes e com sua aparência de jovem revoltado e calças rasgadas. Será que foi inspirado ou mera coincidência?
  • Orientação Sexual de Rictor: Quando Jeph Loeb escrevia a X-Force, decidiu tornar Rictor e Shattestar em um casal, algo que acabou não acontecendo devido a mudança na equipe criativa. Mas alguns leitores suspeitaram da amizade que os dois tinham: Os dois atuavam sempre juntos, diziam sentir saudades um do outro e deixaram a equipe ao mesmo tempo para mudar-se, por um período, para o México para salvar a família de Rictor. Mais recentemente, Peter David, escritor de X-Factor, fez uma piada na edição X-Factor #14 (No Brasil, Wolverine #40 ed. Panini) onde resgatava a dúvida sobre a antiga amizade dos dois. Madrox perguntava a Rictor algo sobre sua antiga amizade com Shattestar e Rictor se engasga com a bebida. Depois disso, quando perguntaram a Peter David sobre a opção sexual de Rictor, ele disse mais ou menos o seguinte: "Eu acho muito mais divertido provocar essa dúvida entre os fãs do que realmente afirmar algo. Não se pode dizer com certeza se ele é bissexual e também não vejo motivos para confirmar tal coisa. Não por homofobia ou algo do tipo mas porque é mais provocativo mantermos a questão ambígua. A passagem de Rictor na X-Factor #14 alimenta essa dúvida entre os leitores o que é muito mais interessante do que colocá-lo em um relacionamento gay.” Mas parece que, com o passar dos anos, ele mudou de opinião pois em X-factor #45 Peter David se contradisse surpreendendo a todos com a aparição de Shatterstar nas histórias do X-Factor e em seguida, os dois se beijam. A teoria que tenho é que Peter David, que teve sua outra revista -Mulher Hulk- cancelada, fez isso com intenção de aumentar as vendas de X-Factor com Rictor e Shatterstar protagonizando o primeiro beijo gay entre super-herois da Marvel, fazendo isso antes mesmo de Estrela Polar(primeiro heroi gay da marvel) e de Hulkling e Wiccano (namorados).
  • Vale Isso?: Peter David, simplesmente não escreveu uma parte da história que ele julgava ser desinteressante para pular logo para o que todos queriam ler, o nascimento do filho de Siryn, e simplesmente colocou um resumo do que aconteceu entre as edições. Peter David resolveu não contar parte da historia e simplesmente pula-la por ter achado que seria chata e ir logo para a parte do nascimento de Siryn.

LINKS

REFERÊNCIAS

Notas de Rodapé

  1. Excalibur Vol 4 #3
Advertisement